A história de Elizabeth II

Atualizado: 10 de set.

Elizabeth II esteve à frente do Reino Unido há 7 décadas, se tornando a rainha mais longeva de todos os tempos a reinar o Reino Unido.

Foto em preto e branco da rainha Elizabeth II, com sua data de nascimento e morte.

No decorrer do tempo ganhou quatro Jubileus, sendo o último de Platina. Era bastante preocupada com o comportamento, vestimentas e costumes reais. Mesmo com o imediatismo de ter se tornado rainha em um momento de tristeza pela morte do seu pai, sequer demonstrou dúvida em abdicar muito da sua vida pessoal e privativa pela coroa.


Coroa esta que fez a sua vida se fundir com a imagem e história de diversos países do reino. Demonstrou segurança, estabilidade, determinação, tranquilidade e firmeza em suas posições e fez diversos gerenciamentos de crises e de riscos em seu reinado. Mesmo que discreta, buscou realizar um reinado atualizado conforme as tendências comportamentais do público e da época. Criou redes sociais com o propósito de se aproximar do público. Se tornou um ícone e, próxima de renomadas pessoas que estão em poderes e do público, acabou se tornando meme na internet mesmo com sua imagem singela.


Elizabeth Alexandra Mary, ou rainha Elizabeth II, dedicou mais de 7 décadas de sua vida a monarquia do Reino Unido, herdado pela morte do seu pai George VI. Elizabeth recebeu a coroa através da abdicação feita pelo seu tio para se casar com a atriz norte-americana divorciada Wallis Simpson, ato que era visto pela sociedade como escândalo.

Com 25 anos, em fevereiro de 1952, Elizabeth II que já era casada com Philip, o Duque de Edimburgo, foi coroada na primeira cerimônia a ser transmitida na televisão. Com o título de Príncipe Consorte, Philip foi seu companheiro por toda a vida, se tornando o casamento mais longevo da coroa britânica. O casamento deu fruto a quatro filhos, sendo Charles o mais velho e o primeiro herdeiro na linha de sucessão ao trono monárquico, Anne – única do sexo feminino com destaque na maneira diferente de pensar em relação à família – por não gostar muito de exposição se dedica à caridade, Andrew Albert que é o terceiro filho, com o título de Duque de York, se dedicou à carreira militar onde atuou por 22 anos como piloto de helicóptero. Por fim temos Edward Antony Richard Louis que é o caçula do casal real e buscou seguir o caminho do seu irmão mais velho na carreira militar, mas não teve o mesmo sucesso e foi alvo de diversas críticas pela imprensa.


Política e diplomacia


Com habilidades diplomáticas adquiridas durante anos de trabalho, Elizabeth II se tornou facilitadora e conciliadora de diversas alianças políticas e econômicas, além de ser uma figura importante no cenário político, lidando com diversos presidentes de países importantes como Estados Unidos e Brasil, além de ter se encontrado com quatro Papas (Papa João XXIII, Papa João Paulo II, Papa Bento XVI e o Papa Francisco).


Rainha Elizabeth II conversando com Dilma Rousseff.

No Brasil, durante seu reino, se encontrou com lideranças políticas, como na ditadura militar com os generais Costa e Silva, Ernesto Geisel e mais recentemente com os presidentes Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff. Inaugurou o MASP, foi ao show dos icônicos brasileiros Elza Soares, Wilson Simonal, Jair Rodrigues, conheceu o museu do Ipiranga e visitou o terraço do Edifício Itália. Se tornou a única monarca britânica que visitou a América do Sul, segundo o embaixador do Brasil em Londres, Fred Arruda. Também tinha o costume de responder às cartas de brasileiros que recebia, a mais recente que se têm notícia foram os alunos do Colégio Santa Cruz na Zona Oeste de São Paulo que receberam no dia 28 de junho.


No seu Jubileu de Prata lembrou de uma promessa que tinha feito antes do seu pai falecer e a cumpriu desde então... “prometeu dedicar “a vida” a servir o Reino Unido e a Commonwealth. [...] E embora esse voto tenha sido feito nos meus dias de juventude [...], não retiro nenhuma palavra do que eu disse.”. Durante os mais de setenta anos buscou maneiras de gerenciar riscos e muitas crises, sendo algumas delas:

  • Após a segunda guerra mundial, Elizabeth II foi apresentada como uma nova esperança em uma Inglaterra que ficou empobrecida pelos estragos da segunda guerra mundial e em 1974, o Reino Unido estava mergulhado na inflação juntamente com uma instabilidade política que provocou duas eleições gerais. Presenciou eventos históricos como a queda do Muro de Berlim em 1989.

  • Sobre família como a crise de seu relacionamento com Philip que se tornou pública, a separação de casamento de três dos seus quatro filhos: Princesa Anne, príncipe Andrew e do mais público príncipe Charles e da princesa Diana Spencer. E ainda mais recente, o casamento de seu neto Harry e Meghan, que anunciaram a decisão do seu afastamento da família real após o matrimônio.

  • Em 1997 precisou lidar com a morte da “princesa do povo”, como Diana era considerada.

  • Na saúde, o mais recente foi a Covid-19.

Vida da família real


Não se esquecendo do que a “indústria de encantamento” vendeu para a sociedade sobre reis e rainhas inspirarem os diversos contos de fadas e personagens históricos nobres, Elizabeth II fez o possível para que a família real permanecesse com o misticismo nobre, superior de ser, viver e se comportar do qual derivam sonhos, desejos e fantasias de milhares de pessoas. Portanto, seguindo já uma tradição que foi estabelecida no século 20, Elizabeth e sua família tentavam ficar mais isolados da sociedade, se precavendo de muitos eventos, situações e vivências em liberdade seja da presença em algum lugar ou até mesmo de seus desejos e sentimentos, um exemplo clássico neste último caso foi a paixão da princesa Margaret, irmã mais nova da rainha Elizabeth II, que não poderia ter sucesso porque se tratava de um homem casado.

Outro exemplo foi no funeral da princesa Diana, evento que que foi amplamente coberto pela imprensa: “A decisão foi um risco, porque a fleumática sociedade britânica começou a equiparar cada vez mais autenticidade com expressão de sentimentos.”, diz o site da BBC. E, no mundo atual, mesmo que “Lilibeth”, como era seu apelido na família, se mantivesse em seu posicionamento maestral, a internet que não perdoa ninguém, transformou o ícone da coroa real britânica em “figurinha carimbada” dos memes da internet.

O anúncio da morte da monarca veio após a família ser chamada para o palácio de Balmoral, na Escócia. Ela havia sido colocada sob supervisão médica após sua equipe de saúde expressar preocupação com seu quadro.


Nos últimos anos, Elizabeth II contraiu covid-19, doença que a deixou muito debilitada. Além disso, a devastadora morte de seu marido Philip, em abril de 2021 com quase 100 anos, somando-se a diversas crises da família real teriam impactado ainda mais o quadro da monarca e, conforme os pronunciamentos do Palácio de Buckingham, a rainha vinha sofrendo do que chamaram de “problemas episódicos de mobilidade” o que fazia que suas aparições ficassem cada mais escassas.


Commonwealth


A Commonwealth é composta por 53 países, que somados representam um terço da população mundial e que historicamente quase todos foram governados por Londres, compondo o antigo Império Britânico. Apesar da maioria ter se tornado independente do Reino Unido, mais de dez países mantiveram a rainha Elizabeth II como chefe de Estado.


Barbados deixou de ter a rainha Elizabeth II como chefe de Estado em novembro de 2021, enquanto muitos países buscam o mesmo caminho, afrontando os gostos tradicionais das pessoas fãs da monarquia que sentem o país intrinsicamente ligado a realeza. No Canadá e na Austrália, apesar de serem países que a tenham como chefe de Estado, os compromissos da alteza ficam restritos a cerimônias oficiais, relação institucional com líderes de outras nações e entrega de títulos de nobreza. “Ao todo, o grupo de territórios sob comando de Elizabeth II é chamado de Reinos da Comunidade de Nações, que são compostos por: Antígua e Barbuda, Austrália, Bahamas, Belize, Canadá, Granada, Jamaica, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Ilhas Salomão, Santa Lúcia, São Cristóvão e Neves, São Vicente e Granadinas, Tuvalu e Reino Unido.”, conforme citado no site da Jovem Pan.


Elizabeth II deixa a coroa para seu herdeiro, o atual rei Charles, tornando o príncipe William o primeiro na linha de sucessão ao trono britânico.


Aproveitando para deixar uma dica para o final de semana que está chegando, a dica é assistir a série The Crown.


Texto escrito por Fabiana Mercado

Pós graduada em Comunicação e Marketing Digital, formada em Publicidade e Propaganda, acumula mais de 9 anos na área, colunista do Zero Águia, curiosa, preza o respeito a todas as pessoas independente de características. Nas horas vagas pratica corridas com o apoio da equipe Superatis. Adora conhecer novas pessoas e lugares, ama viajar e possui um projeto denominado Desbravando Capitais com o marido para morar e vivenciar durante um mês em todas as capitais brasileiras nos próximos anos.

 

Fontes:


https://radiojornal.ne10.uol.com.br/entretenimento/2022/09/15076523-rainha-elizabeth-ii-quem-sao-os-filhos-da-rainha-elizabeth-ii.html\


https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/como-fica-a-linha-de-sucessao-do-trono-britanico-com-a-morte-de-elizabeth-ii/


https://culturainglesamg.com.br/blog/rainha-elizabeth-ii/


https://www.istoedinheiro.com.br/rainha-elizabeth-morre-aos-96-anos-de-idade-na-escocia/

https://www.britishcouncil.org.br/estude-reino-unido/quatro-paises-em-um#:~:text=Formado%20pela%20uni%C3%A3o%20pol%C3%ADtica%20de,naturais%20de%20tirar%20o%20f%C3%B4lego


https://g1.globo.com/mundo/noticia/2022/06/02/jubileu-da-rainha-elizabeth-ii-os-paises-que-querem-se-livrar-da-monarquia-britanica.ghtml


https://g1.globo.com/mundo/noticia/2022/06/02/jubileu-da-rainha-elizabeth-ii-os-paises-que-querem-se-livrar-da-monarquia-britanica.ghtml


https://www.ebiografia.com/elizabeth_ii/


https://bmcnews.com.br/2022/09/08/o-fim-da-era-elizabeth/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=o-fim-da-era-elizabeth

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2022/09/08/rainha-elizabeth-ii-inaugurou-o-masp-foi-a-show-com-jair-rodrigues-e-elza-soares-e-conheceu-o-monumento-do-ipiranga-durante-sua-visita-a-sp.ghtml


https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2022/06/28/alunos-de-colegio-de-sp-escrevem-carta-para-rainha-elizabeth-ii-e-ela-responde-agradeco-pelos-votos.ghtml

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2022/09/08/como-era-o-mundo-na-epoca-que-a-rainha-elizabeth-ii-assumiu-o-trono.ghtml


https://exame.com/mundo/veja-15-momentos-e-imagens-historicas-do-reinado-de-elizabeth-ii/


https://gauchazh.clicrbs.com.br/donna/gente/noticia/2022/09/coroa-improvavel-casamento-longevo-tradicoes-e-mais-o-reinado-da-rainha-elizabeth-ii-cl7t4jeur004c0163gtrolgw0.html


https://www.bbc.com/portuguese/internacional-61681472