Bolsonaro cumprimenta Biden

Atualizado: 1 de set.

O presidente Bolsonaro usou suas redes sociais para cumprimentar e divulgar carta que enviou ao presidente americano.


Depois de repetir sem provas, fraude nas eleições americanas, Jair Bolsonaro (sem partido) enviou uma carta a Joe Biden no dia de ontem (20), posse do democrata à presidência americana. O presidente brasileiro desejou êxito ao novo governo e disse que os dois países podem trabalhar juntos pela defesa da liberdade.



Tweet das redes sociais do presidente cumprimentando Biden no dia da posse (20)


Alvo de diversas críticas de Biden pela gestão da Amazônia, Bolsonaro diz em sua carta que o Brasil está pronto para continuar parceria com os EUA na proteção do meio ambiente. O presidente brasileiro diz que “Pessoalmente, também sou de longa data grande admirador dos Estados Unidos e, desde que assumi a Presidência, passei a corrigir os equívocos de governos brasileiros anteriores, que afastaram o Brasil dos EUA.” Bolsonaro é declaradamente um admirador do ex-presidente americano Donald Trump, derrotado nas últimas eleições americanas pelo democrata Biden.


Na carta, o presidente brasileiro faz uma série de acenos com pontos de interesse como o acordo de livre comércio e conclusão do acordo de salvaguardas tecnológicas.


O vice-presidente Hamilton Mourão, afirmou que a relação do Brasil com os Estados Unidos vai prosseguir independente da mudança no comando dos EUA.


O presidente da Câmara dos deputados e o presidente do Senado cumprimentaram o novo presidente americano. Bolsonaro foi um dos últimos líderes a reconhecer a vitória do democrata.


  1. “Unidos por estreitos laços de fraternidade” – Trecho retirado da carta da presidência brasileira a Joe Biden.