Crescem pedidos de impeachment de Bolsonaro

Atualizado: 1 de set.

Menções a impeachment cresceram 432% nas redes sociais no último domingo (17)


Com a crise sanitária em Manaus, a aprovação da Anvisa sobre a vacina CoronaVac e a vacina de Oxford, o assunto vêm tomando destaque nas redes sociais. Pedidos de impeachment de diversos segmentos dentro e fora da política se manifestaram.

A Câmara dos deputados atualmente acumula 61 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), entre esses, 56 constam como "em análise". No entanto, a decisão de dar andamento aos pedidos depende de Rodrigo Maia (DEM-RJ) presidente da Câmara.

“Ele atenta contra os valores fundamentais da Constituição e da sociabilidade, que é garantir a saúde e a vida dos seus membros. Bolsonaro apertou a bomba atômica contra a população brasileira. O impeachment é absolutamente legível sob a perspectiva legível sob a perspectiva jurídica”- Trecho retirado da entrevista de Pedro Serrano, jurista e professor da PUC-SP à CartaCapital.