Governo de SP aplicará terceira dose da vacina após 6 de Setembro

Atualizado: 1 de set.

O Ministério da Saúde anunciou nessa quarta (25) que a dose de reforço será aplicada em pessoas com 60 anos ou mais


Segundo o governador Dória, a decisão foi tomada para aumentar a proteção do público com mais de 60 anos, suscetíveis aos maiores efeitos da Covid-19. As pessoas que serão vacinadas são aquelas que já completaram 6 meses após a segunda dose.


Segundo a recomendação do Governo Federal, a vacina Pfizer tem prioridade na aplicação devido a sua melhor resposta na população idosa, porém o reforço poderá ser feito com qualquer vacina disponível no posto.


A estimativa é de que 900 mil pessoas no o estado devem receber a dose adicional. A dose de reforço será registrada em uma carteirinha de vacinação adicional, na cor azul.




“Dependendo da situação epidemiológica, se verificarmos, com o tempo, a perda de proteção para outros grupos, tendo vacina disponível, isso será estendido. O acompanhamento epidemiológico e a ciência vão dizer” afirma Flávia Bravo, diretora da SBIm em entrevista à CNN.


Pesquisadores afirmam que uma dose de reforço da vacina produzirá uma resposta imunológica mais forte assim como uma capacidade maior de proteção, especialmente contra a Variante Delta, altamente contagiosa. Mesmo assim, o sistema imunológico conta com outros mecanismos contra a infecção.