Jovem é morta a facadas por homem que conheceu em jogo online

Atualizado: 1 de set.

Ingrid Bueno de 19 anos, gamer, tinha apelido de "Sol" e conheceu o assassino durante uma partida online de Call of Duty: Mobile


A jovem era conhecida por jogar Call of Duty: Mobile profissionalmente e era integrante da FBI E-Sports. O assassino tbm é gamer e teria conhecido a vítima a um mês durante partida. O crime ocorreu na tarde de segunda-feira (22) em Pirituba, na zona norte de São Paulo, região aonde morava "Sol".



O assassino identificado como Guilherme Costa de 18 anos, teria marcado um encontro com a jovem em sua casa e logo após o crime, Guilherme gravou um vídeo da vítima morta e teria enviado ao grupo da equipe em que fazia parte do jogo, conhecida como Gamers Elite. A organização notificou as autoridades e pediram para que seus membros não compartilhassem o vídeo.


O irmão de Guilherme, teria chegado em casa e encontrado a jovem desmaiada e segundo ele, o assassino tinha mandado um áudio para a família dizendo que cometeria suicídio, no entanto, foi convencido pelo irmão a se entregar.


Questionado pelas autoridades, Guilherme Costa disse que teria seus motivos para realizar o crime e que tudo estava explicado em um livro que já se encontra anexado ao inquérito da policia. O caso foi registrado como homicídio qualificado.