Nova York declara estado de emergência devido enchentes causadas pelo furacão Ida

Atualizado: 1 de set.

Nova York declarou estado de emergência na manhã desta quinta-feira, ao ser atingida por chuvas torrenciais remanescentes do furacão Ida, causando fortes enchentes e relatos de várias pessoas presas em regiões diversas da cidade.

As autoridades de Nova York aconselharam as pessoas a não sair de casa [Foto: Reuters]

Na cidade de Nova York, a proibição de viagens foi decretada, de acordo com um alerta de emergência enviado pelo Notify NYC. Todos os veículos que não são usados para emergências devem ficar fora da estrada, disse o alerta.


Quase todas as linhas do metrô da cidade foram suspensas devido às enchentes. O site da Metropolitan Transit Authority disse que apenas a linha "7" e a Staten Island Railway estavam operando com atrasos.

"Estamos enfrentando um evento climático histórico esta noite, com chuvas recorde em toda a cidade, enchentes brutais e condições perigosas em nossas estradas", disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, no Twitter.

"Teremos algumas horas difíceis até conseguirmos tirar a chuva daqui", disse de Blasio à afiliada da CNN, WCBS. "Nunca vi tanta chuva tão rápido. É absolutamente espantoso ... Estamos falando de sete, dezoito centímetros em uma hora. Acúmulo inacreditável."


A governadora de Nova York, Kathy Hochul, disse à CNN que a chuva foi "muito mais do que qualquer um realmente esperava" e deixou a região em "uma situação muito terrível".


"Podemos tomar todas as precauções com antecedência e implantamos nossos recursos para estar no terreno em antecipação, mas a mãe natureza fará o que quiser e ela está realmente com raiva esta noite", disse Hochul.


As equipes de resgate estão removendo pessoas de estradas e metrôs inundados em toda a cidade de Nova York, disse o Corpo de Bombeiros de Nova York na manhã de quinta-feira.


Em Nova Jersey, o governador Phil Murphy também declarou estado de emergência, exortando os residentes a "ficarem fora das estradas, em casa e em segurança".